terça-feira, 22 de novembro de 2011

Nama-hatta Times

Haribol!


Agradecemos a (Marília)Madana Mohini devi dasi, por nos convidar para festejar e cantar os santos nomes em sua casa neste último domingo, 20 de Novembro.



O encontro teve muita animação e um banquete vegetariano que foi oferecido para as deidades de Sri Radha-Krsna, Jagannatha Baladev e Subhadra, e logo, todos puderam honrar a prasadam que estava divina.

Foi feita a leitura do Bhagavad-Gita, tema relacionado a Karma-Yoga - sacrifícios que devemos realizar nesta era.







Estamos combinando de no domingo dia 04 de dezembro, fazermos um encontro no Parque das Mangabeiras, estilo pequinique regado a mantras ao som de karatalas e mrdanga...quem quiser pode levar outros instrumentos como violão, gaita, sanfona, etc.
Os interessados entrem em contato para combinarmos o horário do encontro.




Todas as glórias a Sri Guru e Gouranga!

terça-feira, 15 de novembro de 2011

Nama-hatta Online - Todos os Sábados 17h


É com muita alegria que trago a vocês a oportunidade de ouvir sobre Deus, Krsna, e participar de um encontro online via Ustream em que o monge"Mahakala das bramacari" fará o tradicional festival Hare Krsna de maneira inovadora!

Como nem todos têm templos perto de suas casas, ou de sua cidade, ou até mesmo as pessoas que nunca foram a um templo vaisnava por vergonha, preconceito ou desconhecimento, e tem aquela dúvida do que é tratado nas palestras, como é a cultura e etc...poderá entender completamente agora o que estamos tentando dar a todos, o conhecimento a cerca de Deus com os inúmeros detalhes conforme descrito nos Vedas, como podemos servir a Deus e sermos felizes (Bhakti-Yoga).

Espero encontrar vocês aos sábados apartir das 17h. Lembro que a programação é completamente interativa, e no momento oportuno todos poderão fazer perguntas ao palestrante e participar cantando e ouvindo em suas casas os transcendentais tópicos divinos.

Apresentação do monge, palestrante:

Mahakala das bramacari a mais de 20 anos está seguindo os ensinamentos védicos trazidos a nós, primeiramente por seu diksha-guru, mundialmente conhecido como Srila BV Swami Prabhupada e também por nosso amado gurudev, Srila BV Narayana G. Maharaj.

Mahakala é um monge da ordem de vida renunciada, e está servindo seus gurudevas 24h por dia, e dedica sua vida a ajudar as outras almas a encontrar o conforto os santos nomes de Deus.

Seu objetivo neste momento, é fazer com que todos possam ouvir sobre Deus, Krsna, e possam evoluir espiritualmente conforme sua sinceridade e vontade de servir Deus. Então, ele está agora nos doando seu tempo, palavras e dedicação, para que possamos usufruir deste tesouro nos dando a oportunidade de ter Krsna em nossas casas e em nossos conrações.

O prabhu Mahakala também tem a missão de distribuir livros, local em que os santos vaisnavas depositaram todo seu conhecimento e realização interior a cerca de Deus, de como ele é, como podemos voltar para ele etc. Vocês podem participar de seus projetos visitando o site: http://igvi-editorial.blogspot.com/p/fale-conosco.html , baixando livros free ou adquirindo exemplares via correios.

PEÇO QUE NOS AJUDE A DIVULGAR ESTE CONVITE, ASSIM VOCÊ NOS AJUDA A AJUDAR!
HARE KRSNA! RADHE RADHE!

aspirando servir Sri Guru, Gouranga e Vaisnavas,
kmd 
www.vedasfree.blogspot.com

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

COMO DEVEMOS CANTAR HARE KRSNA?


Dois nama-tattva-kathas de
Sri Srimad Bhaktivedanta Narayana Gosvami Maharaja
[1]
(baseado em sloka composto por Srila Bhaktivinoda Thakura)

Procure deixar de lado os seus anarthas (coisas indesejáveis, desfavoráveis a bhakti).
Se você quer cantar Hare Krsna perfeitamente, procure seguir certas regras. Cuide para que sua mente esteja unidirecionada. Procure controlá-la, impedindo que ela vá de um lado para outro. Medite no significado do mantra com a mente unidirecionada e com tolerância. Não se irrite, não cante com pressa, seja unidirecionado e procure controlar sua mente. Mas como?

Procure pensar no significado do Nama. Hari – este nome de Krsna significa que Ele tira todos os nossos pecados, anarthas, e atrai nossa mente. Sri Radha rouba a mente de Krsna com Seu doce humor de serviço e Suas doces palavras. Procure pensar neste significado.

Quem é a Deidade adorável do mantra? Radha e Krsna. Primeiro, Radha e Krsna. Procure lembrar-se de krsna-lila, caso contrário, sua mente divaga de um lado para outro e faz brotarem coisas inúteis em sua consciência.

Esteja sempre na companhia de devotos de alta classe. Shaucam – é preciso ter pureza. Para isso, tome banho, mantenha o corpo limpo. Mas o que fazer para purificar o coração? Os seis inimigos (luxúria, raiva, cobiça, inveja, loucura e ilusão) não devem estar no coração. Não tenha inveja dos outros nem os critique. Controle sua mente, evitando desejos mundanos de prazer dos sentidos.

Não fale com ninguém enquanto canta japa. Lembre-se de Radha e Krsna, de krsna-lila, com a mente unidirecionada. Não cante às pressas nem coma palavras. Ocupe sua mente em meditar. Não converse com ninguém, a não ser algo essencial. Cante, apenas cante, não converse sobre tolices.

Avyagrata – não tenha pressa. Não deixe sua mente oscilar. Cante com tolerância. Às vezes, você acabará chorando por se considerar perverso, disparatado, mas não perca a esperança, não desanime achando “isso não dá para mim”. “Pode até demorar, mas hei de alcançar krsna-prema! Utsahah niscayah dhairyat... Com certeza, hei de alcançar krsna-prema!”

Lembre-se do significado do nome de Krsna. Hare Krsna – Radha e Krsna estão juntos. Hare Hare – Radha e Krsna estão separados.

Mas alguma vez Radha fica separada de Krsna no Radha-kunda?   Radha-kunda é o lugar do eterno encontro entre Radha e Krsna e, além disso, Krsna não sai jamais de Vrndavana. Quando Eles estão juntos, sentem que estão separados – logo, o sentimento de saudade também está presente no Radha-kunda. Sentada no colo de Krsna, Radha diz: “Cadê Krsna?”

Ao cantar Nama, Hare Krsna quer dizer que Radha e Krsna estão juntos e Hare Hare, que Eles estão separados um do outro. Srila Bhaktivinoda Thakura dá todos os significados de Nama. Mantradi devata mere raksaka – a Deidade que preside sobre o maha-mantra é minha protetora. Ela sempre haverá de me salvar. Portanto, seja ousado, destemido, sempre. Se aparecer uma serpente na sua frente, pense: “Nama vai me salvar. Nama Radha-Krsna está sempre comigo – para agradar Nama, hei de cantar o gopala-mantra dez vezes. Hei de me refugiar em meu ista-deva, julgando-me muito caído – por isso, devo me refugiar em Krsna e Seu Nama”.

Qualquer pessoa que cantar japa deste modo em breve será perfeita. Procure cantar Nama (maha-mantra Hare Krsna) e Mantra (diksa-mantras) seguindo estas instruções.

[2]
Sripad Nemi Maharaja: Em sua primeira visita ao Ocidente, o senhor disse que, enquanto cantam japa, os devotos podem dividir sua meditação em quatro fases: na primeira, devem lembrar-se de Vraja Mandala Parikrama (peregrinação aos lugares sagrados de Vrndavana onde Krsna realizou Seus passatempos transcendentais)...

 Srila Gurudeva: Esta foi uma instrução para as pessoas em geral. Aqueles que recém começaram a cantar podem se lembrar de Vraja Mandala Parikrama. Mentalmente, podem fazer parikrama de Govardhana e Vrndavana e podem oferecer flores a todas as Deidades ali presentes. Os devotos mais avançados meditarão nos passatempos de Krsna correspondentes a Seus diversos nomes.

tan-nama-rupa-caritadi-sukirtananu-
smrtyoh kramena rasana-manasi niyojya
tisthan vrajetad-anuragi jananugami
kalam nayed akhilam ity upadesa-saram
Upadesamrta - Néctar da Instrução (Verso 8)

[Devemos utilizar todo o nosso tempo – vinte e quatro horas por dia – a dedicadamente cantar e lembrar-nos do nome divino, forma transcendental, qualidades e passatempos eternos do Senhor, para aos poucos mantermos nossa língua e nossa mente ocupadas. Desta maneira, devemos morar em Vraja e servir a Krsna sob a orientação dos devotos. Devemos seguir os passos dos amados devotos do Senhor, os quais têm apego profundo a servi-lO com devoção. Eis aí a essência de todos os conselhos.]

Cantando o nome de Krsna, o nome de Damodara, de Govinda ou de Gopinatha, tais devotos lembram-se dos doces passatempos daquela Deidade em particular. Ao cantarmos o nome de Govinda, de que doces passatempos devemos nos lembrar? De Sua dança da rasa com as gopis. Que significa Gopinatha? ‘Aquele que Se submete ao controle das gopis’. A característica especial da dança da rasa é aquela pela qual Krsna, deixando-Se controlar pelas gopis, implora para que as mesmas Lhe dêem o seu amor. Krsna diz às gopis: “Não tenho como retribuir vocês pelo seu amor”. Este é o significado de Gopinatha.

O Srimad-Bhagavatam (10.32.22) afirma:

na paraye ’ham niravadya-samyujam 
                      sva-sadhu-krtyam vibudhayusapi vah     
     ya ma bhajan durjara-geha-srnkhalah        
             smvrscya tad vah pratiyatu sadhuna

[“Não tenho como retribuir Minha dívida para com seu serviço imaculado, mesmo que tenha para isso toda a vida de Brahma. O seu vínculo comigo está além de qualquer reprovação. Vocês têm Me adorado, rompendo com todos os laços domésticos tão difíceis de abandonar. Portanto, por favor, sintam-se recompensadas com seus próprios feitos gloriosos”.]

         Como Madana-mohana, Sri Krsna é belíssimo. Ele é filho de Yasoda e Nanda Baba, e também o Cupido dos cupidos. Podemos nos lembrar dEle chorando enquanto Mãe Yasoda tenta atá-lO. Este é Madana-mohana.

         Os devotos mais avançados podem se lembrar da asta-kaliya-lila de Sri Krsna (Seus passatempos ao longo de cada período de vinte e quatro horas), e os devotos mais elevados ainda podem se lembrar de algo mais. Não existe uma só instrução ou uma só meditação aplicável a todos. A lembrança dos devotos molda-se segundo sua gradação e qualificação em bhakti.

Savitri dasi: (apresentando um jovem a Srila Gurudeva) Guru Maharaja, este rapaz é da Bélgica. Eu o conheci na lavanderia ontem e conversei com ele. Ele está praticando meditação e yoga e entendeu um pouco da filosofia que compartilhei com ele.

Srila Gurudeva: (dirigindo-se ao jovem) Você pode meditar no meu pai?
Jovem: Não entendo o que o senhor quer dizer.

Sripad Madhava Maharaja: Gurudeva lhe pergunta se você pode meditar no pai dele.

Srila Gurudeva: Você o conhece?
Jovem: Não.

Srila Gurudeva:  Como, então, pode meditar no Senhor Supremo? Alguma vez O viu?
Jovem: Não.

Srila Gurudeva: Nesta era de Kali (a era das desavenças e da hipocrisia), a prática de meditação começa com o cantar dos nomes do Senhor Supremo. Em seguida, Sri Krsna permitirá que você O veja, e só depois disso é que você conseguirá meditar nEle. Em Kali-yuga, não há a menor possibilidade de meditação nas fases iniciais do desenvolvimento espiritual. A meditação só começa numa fase posterior.

         Você conhece um menino escurinho que toca Sua flauta na companhia de Suas vacas e amigos em Vrndavana?

Jovem: Não.

Srila Gurudeva: (voltando-se para Savitri dasi) Por favor, explique-lhe todas essas verdades. Ensine-o a meditar e a cantar e lembrar-se de Krsna. Se não cantar, você não conseguirá ser feliz em nenhum momento de sua vida. Sabe quem o criou? Sabe quem lhe deu inteligência?

Jovem:  A natureza.

Srila Gurudeva: Não, a natureza não. Por que a natureza material não deu aos animais a mesma inteligência que deu a você?


         A inteligência vem do Senhor Supremo, que é muito misericordioso. Primeiro, você pode cantar o nome dEle; depois, pode meditar e, aos poucos, vai amadurecendo em sua vida espiritual.

Gaura premanande Hari Haribol!

[Referências
 “Ó sábio erudito, nesta era de Kali, a vida humana é bem curta. Além disso, todos são briguentos, preguiçosos, desorientados, azarentos e, acima de tudo, vivem perturbados”. (Srimad-Bhagavatam 1.1.11)

Meu querido rei, apesar de ser um oceano de defeitos, esta era de Kali tem, mesmo assim, uma única boa qualidade: pelo simples processo de cantar o maha-mantra Hare Krsna, o praticante pode livrar-se do cativeiro material e ser promovido ao reino transcendental”. (Srimad-Bhagavatam 12.3.51)

Qualquer resultado que se atingia em Satya-yuga pela meditação em Visnu, em Treta-yuga pela prática de sacrifícios e em Dvapara-yuga pelo serviço aos pés de lótus do Senhor, pode-se obter em Kali-yuga pelo simples processo de cantar o maha-mantra Hare Krsna”. (Srimad-Bhagavatam 12.3.52)]





sexta-feira, 4 de novembro de 2011

A Real proposta dos Vedas

                                                                                                  

“Chegou a nova era”. É comum hoje em dia ouvir frases como esta, era moderna, era de aquário e assim por diante. Porém tudo que chega até nós através de um canal não eterno e não divino sofre transformação com o passar do tempo. Um conhecimento passado para varias pessoas sofre alterações de acordo com o entendimento individual e do seu nível de compreensão. A verdade recebida por um canal imperfeito sofre variação que passada adiante se distancia cada vez mais da idéia original. Mesmo assim o conceito original é absoluto, eterno e imperecível. 

Primeiramente Krishna falou o Bhagavad Gita ao Deus do Sol e com o passar do tempo a idéia original se perdeu devido ao contato com pessoas não qualificadas para absorver a essência do que foi dito. Por isso, Sri Krsna veio e falou o Gita novamente a Arjuna. E passados cinco mil anos desde que o Gita foi falado novamente, a idéia original se perdeu novamente. Várias culturas tentaram absorver a idéia original dos Vedas: Mayas, Grécia, Egito etc. Todas elas reconhecem o valor da cultura Védica, porém compreenderam os ensinamentos de acordo com as suas limitadas capacidades. Estes versos abaixo são encontrados no livro “Sri Bhagavatarka Marichi Mala” de Bhaktivinoda Thakur :

Yabhir bhutani bhidyante
Bhutanam patayas tatha
Yatha-prakrti sarvesam
Citra vacah sravanti hi

“Devido a variedade de suas propensões naturais, estas entidades vivas foram distinguidas dos seus mestres. De acordo com suas diferentes naturezas, diferentes tipos de entendimentos foram falados.”

Evam prakriti-vaicitryad
Bhidyante matayo nrnam
Paramparyena kesancit
Pasanda-matayo pare

“Assim, devido às diferentes naturezas das pessoas, vários tipos de opiniões foram introduzidas. Algumas destas opiniões continuam através da sucessão discipular. E algumas pessoas começaram a propagar estas filosofias ateístas.”

Chegamos então na era da tecnologia e da exploração. Tudo está sendo conectado e tudo está sendo explorado. Chegou-se ao ponto de cientistas e químicos modernos terem a idéia de criar vidas através da união de moléculas e outros elementos matériais. Eles pensam que vão poder acabar com a morte em breve e para isto não percebem que vão morrer juntamente com esta idéia ainda “no papel”.  Negar o controlador e o criador de todas as coisas deste mundo e se manter como explorador das coisas criadas por Deus, se tornou o objetivo máximo da humanidade. Mesmo assim, as pessoas ainda continuam nascendo, envelhecendo, sofrendo e morrendo. 

Ady-anta-vanta evaisam
Lokah karma-vinirmitah
Duhkhodarkas tamo-nisthah
Ksudra mandah sucarpitah

O destino de todas estas pessoas tem um começo e um final, então é temporário, cheio de misérias na longa jornada, no modo da ignorância, insignificante, mundano e cheio de lamentação.”
                                                                                                                              
  A situação está tão caótica que ate mesmo a população de tolos e materialistas e exploradores começam a pensar agora em vegetarianismo, doenças provindas do consumo abusivo de carne animal, medicina natural (ayurvédica) ou até mesmo a chinesa (acupuntura) etc..., que nada mais é que uma das partes estudadas nos Ayur-vedas (textos sagrados milenares relacionados a medicina), onde Krishna na forma do medico supremo, Dhanvantari, explica a medicina natural pura, yoga e assim por diante.
A raça humana atual esta imbuída em uma serie de doenças sejam elas físicas mentais ou espirituais. Procura-se hoje mais as curas para as doenças físicas e mentais do que as espirituais. O apego ao corpo e a mente é muito maior que o apego pelo eterno e espiritual. Para este fim, procuram-se muito agora, o yoga voltado para o bem estar físico e mental, o vegetarianismo, a ayurveda, a acupuntura e as medicinas naturais. O mais impressionante nisto é que o pensamento dificilmente se volta à cura da alma do espírito, mesmo sabendo que é o que temos de mais importante e que a essência de todos. “O corpo nunca vive e a alma nunca morre”. Apesar disto tentam ocultar ou menosprezar a cura do espírito entendendo que o corpo e a mente são de maior importância. Importância esta, que acabará na hora do inevitável, a morte.
Então a cultura Védica vem para nos informar que não somos este corpo composto por terra, água, fogo, ar, éter e mente, inteligência e falso ego e sim somos almas espirituais dotadas de elementos. Transcendentais sac-(conhecimento), cit (eternidade) e ananda (êxtase, felicidade). Os sastras Védicos apesar de tratar dos assuntos relacionados com o corpo e a mente no decorrer dos ensinamentos, chega um ponto que todas estas rasteiras idéias são descartadas para dar lugar ao Eterno ao espiritual e a real busca de todos nós. Vemos que primeiramente Veda Vyasa (o compilados dos Vedas as explicou Ayur-veda, Sama-veda, Atharva-veda, Rg-Veda, depois compôs os Puranas, Maha-Bharata, Upanisads etc. mas ainda sim não ficou satisfeito. Ele sentiu que após milhares de livros com tópicos relacionados com os modos materiais, ele ainda sim não se sentiu auto-realizado. Seu mestre espiritual então Sri Naradaji o instruiu: “Escreva agora sobre a alma suprema, O senhor do Universo e libere o mundo inteiro da doença da alma. Se fizeseres isso sentirás realizado e dará real ajuda a humanidade”.

Vyasa Deva então compôs o Srimad-Bhagavatam onde se explica quem somos realmente, quem é Deus e qual a nossa ralação com Ele.
Assim como Vyasadeva, a não ser que deliberamos sobre o nosso real ser e sobre a alma suprema o Senhor do Universo não nos sentiremos totalmente realizados neste mundo. A alma sempre deseja felicidade, amor e harmonia, e isso só é obtido através da conexão com o Supremo. Neste ponto toda a nossa conexão com este mundo mortal se queimará e a sede do espírito se saciará como néctar provindo da beleza e do amor da Dinvidade Suprema Sri Krsna.

 (artigo escrito por Baladeva das brahmachari)

domingo, 30 de outubro de 2011

Desaparecimento de Srila Swami Maharaj Prabhupada 30/10/11

Jaya Sri Guru e Gouranga ! Hare Krsna!

Om ajnana timirandhasya jnananjana salakaya
Caksur-unmilitam yena tasmai sri-guruve namah 

Ó gurudev, você é tão misericordioso! Ofereço-lhe meu humilde pranama e oro do fundo do meu coração para que, com a luz do conhecimento divino,   você abra meus olhos, 
que estão cegos pela escuridão da ignorância.

                      Pranama mantra de Srila Gurudev, Narayana Maharaj
nama om visnu-padaya radhikayah priyatmane 
sri-srimad-bhaktivedanta narayana iti namine

Pranama mantra de Srila Gurudev, Swami Prabhupada
nama om visnu-padaya krsna-presthaya bhutale
srimate bhaktivedanta-swamin iti namine

namaste sarasvate deve gaura-vani-pracarine
nirvisesa-sunyavadi-pacatya-desa-tarine


Srila Prabhupada deixou este mundo em novembro de 1977, em Vrndávana, Índia, terra sagrada one vive Krsna e seus associados.

Os devotos de todo o mundo observam esta data com recordações pessoais de Prabhupada, leituras de sua biografia e cerimônias.

Nosso gurudeva Srila Narayana Maharaj tinha uma relação bastante amorosa com Srila Swami Maharaj, e quando esteve aqui no Brasil em 2003 Ele disse:

" Vocês são todos muito afortunados por ter a misericórdia de um guru tão poderoso como Srila Swami Maharaj, o Prabhupada de vocês, então vocês não devem desperdiçar esta oportunidade e devem seguir todas as suas ordens. Na verdade, Ele também é meu querido siksha-guru e não faço nada diferente do que Ele disse."

Todos podem ler e tentar compreender o relacionamento entre estas duas almas puras lendo o livro "Cartas da América" link abaixo: 



Srila Prabhupada é o precursor do canto dos santos nomes de Deus, Krsna, no ocidente. Quando Ele veio ,de navio, ao ocidente tinha apenas alguns dólares no bolso e já era idoso, e ninguém poderia imaginar que aquele seneno e humilde senhor tocando karatalas "simbolos" no parque rodeado de jovens hippies, em um futuro próximo, apenas 3 anos após, epalharia a consciência de Krsna para todo o globo instalando templos em todos os países, concretizando o pedido feito por seu gurudeva, e tirando da escuridão milhares de pessoas.

Todas as glórias a Srila Prabhupada! Sem Srila Prabhupada não poderíamos entender uma gota do que é a misericórdia de um sadhu autêntico, foi ele que nos mostrou nosso gurudeva Srila Narayana Maharaj, quando O pediu, em seus últimos momentos neste mundo, para que cuidasse de seus discípulos que eram como crianças engatinhando rumo ao Supremo.

Detalhes desta conversa, gravada em fita cassete: observem o relacionamento entre eles e a ordem final.

 Na foto, Srila Narayna Maharaj faz a cerimônia de instalação da murti de Srila Prabhupada em seu samadhi.

 Jaya Srila Prabhupada !Jay Gurudeva!
Haribol

kmd



domingo, 23 de outubro de 2011

Nama-Hatta Sábado 29 Out 2011

Jay Sri Guru e Gouranga!

 Agradecemos as ilustres presenças! Hare Krsna!
Vejam as fotos e vídeos do Nama-Hatta.

Neste dia, reunimos para cantar as glórias de Sri Hari, Deus, cantar o Seus nomes com alegria e ouvir sobre Ele com atenção sob a luz do Jaiva Dharma, livro escrito por Srila Bhaktivinoda Thakur que traz o néctar do conhecimento de Bhakti-Yoga. E logo, os devotos puderam honrar o banquete vegetariano, antes oferecido a Krsna, a tão famosa prasadam que é a própria misericórdia de Deus.
 Esperamos vocês nos próximos!
Quem desejar que façamos em suas casas este encontro, por favor mandem e-mail para 
krsnamantradas@hotmail.com ou fenoguru@gmail.com
  
 



Srila Gurudeva, Narayana G. Maharaj ki Jay Jay Ho !
 Srila BV Vamana Goswami Maharaj ki jay!
Srila BV Trivikrama Goswami Maharaj ki jay! 
Srila BV Swami Maharaj Prabhupada ki jay!











JAIVA DHARMA (download)

Audio mp3 do livro Jaiva Dharma - A ciência da Alma

Caríssimos irmãos, informamos que este livro encontra-se também à venda direto no templo de BH ou nos sites:
http://www.geeta.com.br/livro-jaiva-dharma.html

Aulas sobre o conteúdo do livro por Mahakala das bramacari:
http://www.ustream.tv/channel/jaiva-dharma

aspirando servir Sri Guru, Gouranga e Vaisnavas
kmd


BIOGRAFIA DE SRILA GURUDEVA

Haribol... caros amigos! Jay Sri Guru e Gouranga!

Estamos lançando o livro:
"Yuga Acharya Sri Srimad Bhaktivedanta Narayan Goswami Maharaj -
Vida e Ensinamentos"
                                   (Pela 1ª vez em português)- por B.V. Madhava Maharaj.
Esta obra além de contar Sua vida, nos guia através dos ensinamentos transcendentais deixados por Srila Gurudeva para que possamos viver com harmonia e alcançar nosso Supremo objetivo, o amor puro a Deus, Sri Radha-Krsna.


Através deste livro você conhecerá um pouco da história desta pessoa incomum, um enviado de Deus para nos mostrar o caminho de volta ao Supremo. Este livro trás descrições de onde viveu, fotos, honrarias recebidas e muito sidhanta (conhecimento divino) para amolecer nossos corações e nos mostrar a realidade transcendental.


Nosso objetivo nesta publicação é recordar a todos a preciosidade deste mestre em nossas vidas, e assim talvez possamos satisfazê-Lo.

PARA PEDIDOS:
Interessados, por favor, entrem em contato com
Baladev Das Bramacari, na Keshavaji Gaudiya Math – BH,
Rua Maranhão, 938 cobertura 1002 – Funcionários
FONE: 031 3225 9035 ou via email: nabadvip@gmail.com

também na Gauravani Gaudiya Math (RJ)
www.gauravani.com.br/

A satisfação de Sri Guru é o mais importante, o restante virá com o tempo e a prática!

Aspirando servir Sri Guru, Gouranga e Vaisnavas,


Krsna Mantra Das 
vídeo feito pelo bk Alemão.

domingo, 11 de setembro de 2011

MAHA MANTRA - O grande mantra da liberação

HARE KRSNA HARE KRSNA
KRSNA KRSNA HARE HARE
HARE RAMA HARE RAMA
RAMA RAMA HARE HARE

Jay Sri Guru e Gouranga!
Haribol Haribol